INDEPENDÊNCIA:

Uma das maiores conquistas para muitas pessoas é ter sua independência, seja ela financeira, ou de vivência, já para outros continua sendo um sonho e um objetivo a ser alcançado.

Na filosofia ser livre ou feliz não significa ter o poder de fazer tudo o que quer, e sim aceitar a natureza da vida e o que acontece nela, como um processo natural que iria acontecer de qualquer jeito. Então, se você brigou com alguém, bom nesse ramo isso aconteceria a qualquer hora ou momento, mas IRIA acontecer.

Pensar em viver a vida aceitando as coisas como são fazem nós chegarmos ao ponto de, o que é ser independente? Sempre precisaremos do próximo para ser feliz, solitariamente, para os seres humanos, nascidos em conjunto (sociedade) é algo ruim.

Temos que ser dependentes do próximo para viver mas temos que ser a nossa principal motivação para conquistar algo, o principal ponto que precisamos chegar é isto. Viver pra outra pessoa é diferente de precisar dela, pois você precisa do próximo (e o próximo precisa de você) porque somos constituídos assim, como um quebra-cabeça, não iremos terminar até que a última peça esteja encaixada, sendo as peças as pessoas. Mas viver para o outro já é um problema, pense em como seria, acordar e se motivar por você, tenha ânimo pelo simples fato de saber que é capaz de tudo. A vida fica bem mais fácil assim.

Não pense em fazer algo, por alguém, dinheiro, vingança e etc, e sim por honra à você e como eu já havia dito antes pelo simples fato de saber que você consegue.

Anúncios

DEPRESSÃO E A SUA CEGUEIRA.

A depressão é uma doença pouco entendida pela sociedade, as pessoas julgam como frescura, algo que é apenas desvalorização da vida e desagrado dos acontecimentos.

E por ser ignorada na sociedade têm como resultado as mortes ou suicídios ocorridos todos os dias! No mundo atual já ocorreram muitas atitudes de pessoas inesperadas, em razões que talvez nem elas conseguissem explicar.

O pior da depressão é a dor em silêncio, sabe aquela frase “Trate o próximo com respeito porque não sabemos o que cada um realmente passa.”? Isso condiz como um respeito à todos e principalmente as pessoas depressivas. Porque como é uma dor silenciada pela pessoa, fica difícil encontrar quem possuí a doença.

Imagine uma quarto, onde tenha uma única pessoa, esse quarto é escuro, e a mesma pessoa neste lugar está sozinha, no quarto possuí três portas, a primeira, é a da saída daquela escuridão profunda que te faz lembrar de todos os acontecimentos ruins, a segunda é das ações más, prejudicial e inesperada, e a terceira é a do suicídio, quem está em depressão apenas vê duas portas, do suicídio e dessas ações. É como uma cegueira, como diz os psicólogos, onde parece que todos os acontecimento na vida dessa pessoa tenha como finalidade algo ruim e triste, por mais que não seja, essa cegueira irá cubrir todo lado bom da vida, fazendo a pessoa só olhar para o lado ruim.

Muitas pessoas que não são diagnosticadas com depressão julga, dizendo que é apenas sair desse quarto, que não tem segredo, isso é como pedir para um cego simplesmente ver, que é muito fácil, só abrir os olhos, pois não tem segredo.

A ignorância social acaba atingindo a própria sociedade.

Um filme e um olhar diferente pra vida!

Quem nunca assistiu aquele filme de arrepiar os pelos? Filmes bons, não precisam ter prêmios, como o Oscar para ser considerados qualificados, porém um prêmio como esse não seria nada mal.

Existem muitos filmes que representam várias coisas em nossas vidas e o filme “Um sonho possível” faz parte com certeza. Bom, ele já ganhou um Oscar, e

Uma curiosidade que percebi é que dependendo de quantas vezes assistimos um filme mais interessante ele fica, possa ser que da primeira vez, o espectador tenha foco apenas no problema central, mas depois da terceira vez assistindo você começa a realmente perceber o sentido bônus daquela tal sessão! E com o “Um sonho possível” foi a mesma coisa!

No final do filme, o Michael Oher, lê um texto feito por ele mesmo: ”Coragem é algo difícil de imaginar. Você pode ter coragem baseado numa idéia idiota ou num erro, mas você não pode suspostamente questionar adultos, ou seu técnico, ou seu professor – porque eles fazem as regras. Talvez eles saibam melhor, mas talvez não saibam. Tudo depende de quem você é e de onde você veio. Ao menos um dos seiscentos caras não pensou em desistir. Quero dizer, Vale da Morte… Isso é uma coisa muito forte. É por isso que coragem é uma coisa complicada. Você sempre vai fazer o que os outros dizem pra você fazer? Às vezes, você pode nem ao menos saber porque está fazendo alguma coisa. Digo, qualquer idiota pode ter coragem. Mas honra… Essa é a verdadeira razão para você fazer ou não algo. É quem você é ou talvez quem você queira ser. Se você morrer tentando por alguma coisa importante, então você terá ambos – coragem e honra. E isso é muito bom. Acho que isso é o que o escritor estava dizendo… Que você deve esperar pela coragem e praticar a honra. E talvez até mesmo rezar, para as pessoas que lhe dizem o que fazer, tenha alguma também.”

Esse texto me fez refletir sobre muitos assuntos, como por exemplo o quanto que a honra tem que ser a razão maior, acordamos todos os dias sem saber o que acontecerá amanhã, não temos muitas vezes motivações para fazer os afazeres porque nunca iremos saber até que ponto vamos chegar sem tentar, mas a honra nos faz continuar, e para muita gente que não tenha essa força momentânea, não siga algo pelo resultado mas sim por saber que a honra e a coragem de fazer aquilo é maior!

Na carta ele diz sobre “O vale da Morte.” A história basicamente ocorreu numa guerra onde tinha um líder que tomou uma decisão errada, por vergonha, ou orgulho não quis admitir que errou, ele sabia que teria consequências no caso todos de seu grupo (600 pessoas) morreriam, como era uma guerra, eles estavam indo para um “matadouro” (ou seja o final seria a morte) TODAS AS 600 PESSOAS, por mais que soubessem que o líder estavam o levando para morrer, eles continuaram e não contrariaram seu líder ou pensaram em se “atrever” em contrariar uma condição, apenas caminharam em silêncio até a morte. E sim, infelizmente os 600 morreram.

Essa carta, realmente fez o filme ficar cada vez mais curioso e interessante. Principalmente porque a história realmente aconteceu!

O Abismo do limite entre MEDO e CORAGEM

Todos nós temos habilidades que não contamos, ou decisões que queremos tomar mas que não conseguimos agir. Um das causas disso é o medo, o tal “bicho-papão” de muitas pessoas. Uma sensação desencardeada pela preocupação/percepção do perigo real ou imaginária, aquele sentimento que nos impede de fazer tantas coisas!

O medo, pode ser bom, para alguns, pessoas que chegam em seus limites mas que os ultrapassam, o seu mundo material pode ser limitado mas o seu mundo imaginário não é, nosso psicológico sustenta esse medo de fazer algo ou seguir um caminho, a mente social mostra que sempre somos limitados a algo, quando não precisamos ser! Seja sua mente, não a mente socializada.

O mundo precisa de pessoas boas e “ilimitadas”, pessoas que ultrapassam o imaginário social, que saíam dos padrões com MEDO, mas COM MAIS coragem. Que consigam seguir seus sonhos independente de salário, ou status social.

Trate o medo, não como um inimigo mas como uma porta para conhecer até onde sua mente pode chegar.

Continue lendo “O Abismo do limite entre MEDO e CORAGEM”

A ORIGEM: DEEP WEB

Certeza que você já ouviu falar da Deep Web, o lado obscuro da internet que te deixa navegar sem ser descoberto, claro, por este “benefício” ocorrem muitas ações ilegais e por esse motivo é considerado tão sombrio pelas pessoas.

Vendas de armas, drogas, contrato com assassino de aluguel, sites com conteúdo sensível ou ilegal e vários outros contentos é muito mais fácil ser encontrado nesse tipo de navegador, pois sem sua identificação essas pessoas conseguem cometer crimes com mais facilidade. Diferente de navegadores abertos, que rapidamente os identifica.

Uma das teorias é que a origem da Deep Web está no século XX mais especificamente em 1945, na Segunda Guerra Mundial, o Japão queria uma plataforma que pudesse se comunicar com a sua aliança de países, a Alemanha e Itália (PAÍSES DO EIXO), mas claro sem que seus rivais, (PAÍSES ALIADOS) pudessem acessar ou identifica-los, para conseguir assim, que seus planos e estratégias fossem realizados com sucesso.

Antigamente era mais difícil entrar na Deep Web mas como a tecnologia cresce, hoje é muito fácil, porém com um perigo enorme, muitos hackers ficam sujeitos a rastrearem aparelhos que entram em seus sites da deep web roubando os dados de seus visitantes e em muitos casos os ameaçando.

Claro, existem especializações para isso no mundo todo, com intuito de proteger e acabar com muitos sites ilegais que se hospedam nesses navegadores, pessoas especializadas daqui do Brasil, EUA, França e etc, que estão focados nesses tipos casos (crimes na Deep Web) conseguem rastrear (com muita dificuldade), e consequentemente muitos donos de websites são presos em todos os anos.

Um momento para se ter ESPERANÇA!

A palavra “Esperança” de acordo com os dicionários é uma crença na positividade dos acontecimentos, atuais, passados ou futuros.

Essa palavra causa um grande efeito em nossas vidas mesmo que ainda seja apenas uma crença, pois já foi comprovado cientificamente que pensamentos positivos (Esperança) causa consequentemente soluções boas e agradáveis.

Sabe aquele ditado: Somos o resultado do que pensamos!
Isso se qualifica no que a esperança nos traz.

Para explicar esse fato, precisamos saber que quando temos pensamentos positivos sobre determinado obstáculos conseguimos passar por ele com uma maior facilidade, pela motivação e esforço que a esperança (positividade) nos deram! Ou seja independente do problema, o cérebro no caso, a nossa carga pensante é o determinante do resultado!

Assim sendo, pensamentos negativos atraem preguiça, desânimo e o cérebro dar a entender que o obstáculo não é tão importante ou em modo geral não possua uma questão preferencial no momento, e deste modo consequentemente não temos bons resultados, possamos dizer que é azar, ou “olho gordo” mas na realidade foi apenas o nosso consciente que teve o papel principal de todo esse término.

Gerar pensamentos positivos é essencial para essa caminhada, sem eles, por mais que você consiga todo o resto, ainda terá a falta do principal que como papel importante fará uma grande falta na estrada.

Atraídos pela Música!

É bem difícil achar alguém que não goste de ouvir uma música, ela acalma, ensina e te coloca em outro mundo! O melhor, é que a própria acolhe tudo e todos, seus gêneros fazem com que as pessoas consiga escolher o seu lugar dentro de alguns versos e minutos.

Temos músicas que simplesmente fazem parecer que foram feitas para nós em particular, como se aquilo estivesse contando sua trajetória, seu momento atual ou anterior.

Não se sabe ao certo quando a música foi criada, ou qual foi a primeira música do mundo, porém a relatos e teorias de que Thomas Edison, isso aí, o inventor da lâmpada elétrica, criou um fonógrafo no ano de 1877 e claro, precisou fazer testes para saber se o instrumento funcionava, assim, cantou um poema. Mas em 1860 foi encontrado uma gravação feita pelo próprio Edison que parecia muito estranho porém considerada uma música que poderia inovar o mundo.

Já a primeira música feita no Brasil, foi pelo cantor Xisto de Paula Bahia, em 1902 com a canção Isto é Bom.

Uma curiosidade? Já pensou em qual seria a música mais longa do mundo? Então ela existe! Essa canção está prevista para acabar só daqui 639 anos, feita por John Cage chamada “As slow as possible” , esse “hit” (brincadeira) era para ter apenas 27 minutos (teorias), mas depois de seu falecimento, John esqueceu de uma coisinha, dizer qual era a duração de cada nota, e assim músicos e filósofos se reuniram para discutir a velocidade da música, papo vêm papo vai e eles decidiram alongar um “pouquinho”. A música é tocada numa igreja chamada O órgão na Alemanha, e quando a primeira nota acaba e assim começa uma outra nota nova (o que demora MUITO MUITO MUITO TEMPO) as pessoas se reunem para ouvir e presenciar o momento histórico.

Bom isso só foi um resuminho sobre esse “oxigênio”, temos muitas coisas para saber sobre a música.

Essas foram algumas curiosidades sobre as canções, e seu primeiro contato com nós, seres humanos, depois de muito tempo, não conseguimos desgrudar delas, o que faz as canções se tornarem cada vez mais importante em nossas vidas.